segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

--- A ILHA ---- Crônica por: Eduardo Araújo.

      Ás vezes, ou quase sempre , me questiono sobre o mundo. Sobre o comportamento das pessoas e sobre a forma irresponsável , leviana e fria com que agem... Manipulam " sentimentos" em troca de benefícios materiais , sociais e profissionais. Praticam o escambo. Ato de barganha , muito frequente no homem primitivo lá no início da Civilização Humana. Onde , por não haver ainda uma moeda de compra,  eles trocavam o que tinham em abundância , com outros que necessitavam daqueles mantimentos. E estes outros , á seu turno, ofereciam em troca, o que para eles havia em igual abundância para o primeiro que necessitava daquele outro gênero de produto. E assim beneficiavam-se todos...
 Era por uma questão de sobrevivência , de instinto de conservação , de necessidade. Mas hoje, não!  É por uma questão de oportunismo , de conveniência e da safistação dos seus atos egoístas , ambiciosos e ausentes de quaisquer sentimentos de respeito ao próximo ou á Deus.
   Só que hoje é notório e evidente , que o mundo evoluiu ...  Em muitos  sentidos.  Vivemos no auge da Evolução Tecnológica. Tudo ficou mais prático , mais confortável para o homem poder viver bem em sociedade.   Mas, a mesma tecnologia que aproxima continentes, numa "Pangeia Virtual", faz com que nos comuniquemos com pessoas de todas as partes do planeta. Que tenhamos milhares de "amigos virtuais" .Mas que essa mesma tecnologia , acaba por isolar pessoas que habitam numa mesma casa.  Destrói o valor dos sentimentos. Mecaniza atos que deveriam ser humanos. O desuso do ato  de abraçar , beijar , elogiar , transmitir calor humano aos que nos estão fisicamente próximos são tristes exemplos disso tudo...   Somos " amigos" de pessoas lá no Japão. Mas somos " estranhos e distanciados" para nossos pais, nossos irmãos , nossos amigos...
  Eu me sinto isolado neste Oceano Virtual . Me sinto como uma Ilha... Tenho cá,  neste meu pequeno pedaço de chão, elementos essenciais para um ser humano viver. Tenho minha a  presença material , espiritual e afetiva. Minhas orações e interseções aos Bons Anjos pelo bem dos que me são caros. Tenho a Luz de Deus refletida em minha essência .  Que emanam das minhas mãos de artista e que plasmam para o mundo real , a Beleza , a Leveza e a Aura das Artes dos planos intangíveis para muitos de nós, humanos encarnados neste mundo ainda tão atrasado moralmente...
 Tenho muito a ensinar , a aprender e a compartilhar. Tenho afetividade acumulada em meu ser  de uma forma sobre-humana... O Amor que existe em mim pelos seres humanos a quem amo alcança alturas sublimes com sua frequência vibracional. E este amor puro, se irradia em meus pensamentos e alça voos infinitos e eternos... O Amor puro, vive eternamente!  Este amor se reflete luminosamente na minha dedicação á minha família. Ás minhas plantas e flores ( que são essenciais á minha permanência neste mundo desconhecido e inóspito, onde me encontro provisoriamente). Amor pelos meus Peixes e por todas as obras celestiais do meu Deus Querido e Misericordioso. Artista-Maior e dono de todas as coisas deste mundo e de todos os outros que flutuam nas mais variáveis dimensões do Infinito Espacial.
   Mas aqui, no meio deste mar de imoralidade , de corrupção. De traições crueis . De ausência de sentimentos fraternos e igualitários . Neste oceano capitalista que afoga os deslumbrados novos-ricos na vaidade imbecil e podre. Que esmaga os miseráveis sociais e deserdados... Mar escuro , sombrio e tenebroso oculto no silêncio traiçoeiro dos corações desumanos de uma maioria dominante. Que reina neste orbe de Provas e Expiações e que fazem a vida , aqui na Terra , ser uma vida bastante difícil...
   Confesso:  Ser bom , honesto , digno , leal e fiel á Deus , á minha família , a mim mesmo e aos poucos á quem amo especialmente , é algo complicado.  É uma escolha. Uma missão assumida. Ter a responsabilidade de ser uma ILHA , é algo conflituoso. Pois dói muito sê-la !!!     Ilhas são solitárias... Ilhas são afastadas do resto do continente... Me sinto uma ilha e sei do valor moral de poder ajudar , rezar e interceder pelo bem e pelo progresso de alguém. Esse tipo de ilha, a da segurança , do esteio , da constância e do amor altruísta é, normalmente uma ilha que sofre as duras tribulações e as intempéries dos mares humanos que a cercam... Sofrem com as ondas destruidoras das ingratidões , com os ventos frios das indiferenças . Com as tempestades das afetividades abandonadas e esquecidas... Com o calor inclemente do Sol da falta de valorização e reconhecimento.  Enfim...   Ser uma ilha do bem , é doloroso e solitário, de fato...
   Deus sabe o valor de manter algumas " ilhas" neste planeta afogado de imperfeições de todas as vertentes morais... Neste mar de degenerados , que se comprazem na perdição de seus vícios mais torpes , existem aqueles , que mesmo mergulhados até o pescoço em atos nada edificantes, conseguem visualizar pontos de luz na linha do horizonte... E que , no fundo de suas almas saturadas , desejam se purificar. Desejam ser salvas e evoluírem moralmente.  É para esses indivíduos , que Deus criou as ilhas. Ilhas de Luzes que são as centelhas divinas em forma de " faróis" que estão posicionados nos corações amorosos destas poucas , mas providenciais pessoas que já adquiriram certo progresso moral e espiritual e que se ofereceram para tais missões de guiar almas da escuridão plena para a plenitude da Luz eterna.
  Faróis que sinalizam os navios abarrotados de pessoas que rumam aos rochedos dos vícios e que , perdidos no escuro intenso das trevas morais de suas almas , acabam por se afogar no choque fatal contra estes rochedos das provações terrenas...
 É triste e sublime , ao mesmo tempo  ter a responsabilidade de ser uma Ilha...   Triste , porque é sempre um ato de solidão trilhar um rumo firme e consciente , contra a correnteza dos demais , que te empurram , machucam , esmagam , saqueiam , usam e te ferem as emoções nos caminhos opostos aos que desejas chegar neste duro embate no contra fluxo das tendências inferiores da maioria dos moradores deste oceano, chamado TERRA.
  E digo que é ao mesmo tempo , algo sublime, porque ser uma ILHA , é ser depositário da confiança do nosso Pai: Deus, no fiel cumprimento desta sagrada missão. É receber talentos , praticar  atitudes e emanar fluidos de luz e paz que possam cativar e conquistar , aos poucos , , novos moradores para esta pedaço seguro de terra.   É ser importante referência de segurança , amor e verdade para os que ainda se encontram vulneráveis nos mares da vida.  É ser um porto seguro . Uma abrigo . Um Lar...
  Ser uma Ilha de Deus é uma missão para poucos. E apesar de reconhecer toda a dor , toda a solidão e toda a contradição dos sentimentos humanos ainda tão falhos nos tripulantes e passageiros dos navios e embarcações que navegam aos milhares nos caudalosos e traiçoeiros mares das tentações comprometedoras do livre-arbítrio mal utilizado. Ainda assim, apesar de todo o ônus emocional e físico, agradeço á Deus por ter me concedido a Graça de poder ser uma pequena ILHA.  E poder servir e dedicar o bem , aos que se aproximarem de mim.   Uma ilha que jamais deixará de proteger e velar por aqueles a quem ama...
     Mesmo estando solitária , uma ilha é um ponto de salvação para os que se perdem... Mesmo sentindo falta de muitas coisas , cá estou eu !  Sou uma ILHA criada por Deus.   E é preciso que eu me mantenha firme  e forte.  Apesar das vicissitudes. Pois se esta ilha sucumbir e desaparecer , para onde nadarão os náufragos ?
----------------------------EDUARDO ARAÚJO-------------------------------































quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

--- EVENTOS NATALINOS , DECORAÇÕES E EXPOSIÇÕES EM DEZEMBRO ----

       Boa tarde á todos! 
Começo a postagem de hoje com algumas fotos de eventos que estou realizando neste último mês do ano...
Esta é a Casa Temática do importante Home Center no Recife , chamado :  FERREIRA COSTA.  A mesma se encontra decorada com temas que evocam o Natal. E fui convidado a expôr algumas obras minhas para ambientar e embelezar ainda mais , este espaço tão especial...
São fotos de Imagens Sacras para a época natalina. Como Presépios de Belíssimo Efeito Visual ( Técnica de metalização em tons que variam do Roxo ao dourado . Tendo como cobertura  delicados e intrincados desenhos arabescados, feitos á mão-livre por mim em Glitter de várias cores em alto relevo ) . Efeitos que enobrecem a cena de Nascimento do Cristo  de uma forma " luminosa" .



Além deste efeitos presentes no presépio , se vê  ao fundo , um DIVINO ESPÌRITO SANTO com ricas folhas de prata sobre fundo lilás suave. Cores que remetem á espiritualidade pura dos seres celestiais!


Aqui , temos uma peça decorativa: Uma Camponesa francesa. Linda e feminina peça em tons de pátina dourada , que também imprimiu beleza á esta ambiente da Casa temática na Ferreira Costa..

    Imagem de um SANTO ANTÔNIO de 60 cm,com efeito metalizado  em ouro velho e folhas prata arabescadas!

  Par de Anjos Barrocos em rica Policromia e folheados a ouro. Peças tradicionais do Estilo Barroco !

Aqui , acabam as fotos da Casa Temática da Ferreira Costa e seguem abaixo, fotos de ambientações Natalinas que também realizo...  


Estas duas fotos , são exemplos de confecção de laços de natal , de variadas fomas e cores que crio. Neste caso , são em tons de vermelho e quadriculado verde-vermelho que fiz para uma amiga minha... Ela adorou o resultado em sua árvore!!  :)  

************************************

Agora seguem fotos de ambientações Natalinas com Estética francesa . Cores que valorizam e enriquecem com Arte e espiritualidade o cenário rebuscado desta residência , cujo projeto de concepção , execução e finalização em todos os sentidos , foi feito por mim. Imprimindo com a Arte Europeia que herdei de meus antepassados de lá , o gosto e a estética francesa em tudo o que crio para embelezar com a suavidade e a paz , a vida e a alma dos meus clientes!!!!

















Vale sempre lembrar  que o mais importante , nesta época de Natal , não são os presentes , nem o Papai Noel.  Nem as comidas e bebidas nas confraternizações meramente convencionais e frias de sentimentos. Nem as compras nos Shoppings, frutos do Comércio Capitalista que domina e rege impiedosamente este mundo ainda tão carente de Valores Reais e menos materialistas...
Nunca se esqueçam:  O Natal comemora o Nascimento do Nosso Senhor Jesus Cristo !
 Ele é o aniversariante!  É dele a festa. Pensemos e repensemos sobre nossos valores. Que procuremos mudar mais. E para melhor , claro! 
 Que tenhamos Amor , respeito , dignidade , lealdade para com a humanidade. Mesmo que muitos não entendam , nem mereçam ainda tais atitudes altruístas , ainda assim, sempre vale á pena ser bom de alma , ações e coração , e procurando sermos  úteis , fieis  e amigos , indistintamente ... 
O mundo precisa urgentemente de mais de pessoas boas . Com alma de "Anjos-da-Guarda" .
Deus tudo vê e sabe o que se passa em nossos corações e em nossas mentes... E Ele valoriza e recompensa com Suas luminosas Bençãos , aos  seus BONS FILHOS . Que sejamos maiores moralmente , portanto! 
Que busquemos melhorar , para que o Deus-Pai tenha Felicidade por nós. Se sinta em Paz com o Progresso da Humanidade terrena , que há muito tempo , em sua maioria , parece já esquecido que também são filhos dEle.
Feliz Natal á todos!  Juízo , saúde e Paz !!!   
 Bons atos e fazer o bem , irrestritamente , sem jamais esperar o retorno. Este é o mais lindo , o mais caro e valioso . E o melhor presente que podemos dar uns para os outros! 
 Jesus , o dono desta Festa Cristã, ficará imensamente Feliz , se conseguirmos ser menos egoístas e passarmos a ver nos outros , o nosso próprio reflexo. Afinal , diante do Pai , somos todos irmãos!!!

 

 Feliz 2012 !
 ---EDUARDO ARAÚJO---





---( OUR FAREWELL )--- EDUARDO ARAÚJO.

video


Clipe do artista plástico Eduardo Araújo numa sequência de fotografias intimistas e reflexivas. Apresentadas em tons pasteis e com muitas notas melancólicas , mas de grande poesia estética . Ilustrando com um sensível olhar de artista esta tão linda e marcante canção.
Segue abaixo a letra original e a sua respectiva tradução. Definitivamente , esta canção em muito me toca o coração!!!

---( Our Farewell -- Within Temptation )---

In my hands
A legacy of memories
I can hear you say my name
I can almost see your smile
Feel the warmth of your embrace
There is nothing but silence now
Around the one I loved
Is this our farewell?

Sweet darling you worry too much, my child
See the sadness in your eyes
You are not alone in life
Although you might think that you are

Never thought
This day would come so soon
We had no time to say goodbye
How can the world just carry on?
I feel so lost when you are not by my side
There's nothing but silence now
Around the one I loved
Is this our farewell?

Sweet darling you worry too much, my child
See the sadness in your eyes
You are not alone in life
Although you might think that you are

So sorry your world is tumbling down
I will watch you through these nights
Rest your head and go to sleep

Because my child, this is not our farewell.

This is not our farewell.


********************************************************************************­*************************

Tradução:

----( Nosso Adeus -- Within Temptation )-----

Em minhas mãos
Um legado de memorias,
Posso ouvi-lo dizer meu nome
Quase posso ver teu sorriso
Sentir o calor do teu abraço
Não ha nada além do silencio agora
Em torno daquele que amei
Este é nosso adeus?

Querido você se preocupa de mais, minha criança
Vejo tristeza em seus olhos
Você não está sozinho nesta vida
Embora pense que esteja.

Nunca pensei
Que este dia chegaria tão cedo
Nós não tivemos tempo para dizer adeus
Como pode o mundo simplesmente continuar?
Me sinto tão perdida quando você não está ao meu lado
Não há nada além do silencio agora
Em torno daquele que amei
Este é nosso adeus?

Querido você se preocupa de mais, minha criança
Vejo tristeza em seus olhos
Você não está sozinho nesta vida
Embora pense que esteja.

Sinto tanto que seu mundo esteja em ruinas
Cuidarei de você por todas estas noites
Descanse sua cabeça e vá dormir

Porque, minha criança, este não é nosso adeus.

Este não é nosso adeus.


sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

MATÉRIA SOBRE EDUARDO ARAÚJO - No Jornal Diário de Pernambuco - - Caderno Viver .


   Bom dia a todos!
   Acabou de sair uma linda matéria sobre mim e minhas Artes Plásticas no Jornal Diário de Pernambuco. Caderno Viver. Dia 09/12/2011.
   Convido á todos para lerem a matéria em questão!!! E agradeço a quem me valoriza como ser humano e como artista!

http://recifeeficer.webnode.com/news/delicadeza-da-arte-barroca-/#.TuH_TsFY__A.twitter
   Abraços !   :)

Delicadeza da arte barroca



2011-12-09 10:20
Araújo Eduardo lamenta que não exista uma cultura regional para absorver sua arte.
     O artista plástico Eduardo Araújo é apaixonado pelo período barroco e pela arte europeia. Detentor de um talento nato, ele trabalha utilizando a técnica da policromia barroca para moldar e restaurar imagens sacras em gesso e outros materiais, como o mármore. Para além dos santos, porém, ele gosta mesmo de criar ambientações de época, de restaurar mobiliários em estilo francês e de realizar pinturas especiais, com dourações em folha de ouro, metalizações, pátinas, marmorização com efeito trompe l’oeil, texturas, painéis e medalhões em massa époxi em paredes e tetos. Também adora plantas, principalmente pés de lavanda, e faz projetos de paisagismo.
“O que mais gosto de fazer são as ambientações. Evoco sempre o período barroco, o rococó. Uso imagens e técnicas que, por vezes, me chegam de forma inconsciente”, confessa Eduardo Araújo, que é espírita e acredita que parte do que sabe são ensinamentos e conhecimentos traz de outras vidas, já que nunca visitou a Europa, mas é capaz de recriar peças dos tempos do Rei Luís XV.
O artista tem 37 anos e fez Licenciatura em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Já realizou uma série de exposições nos últimos 16 anos, a maioria com imagens sacras, em locais como shoppings (Recife, Tacaruna, Plaza e Praia Norte, no Janga. No Guararapes, em Piedade, chegou a ter loja); o Gabinete Português de Leitura e a Assembleia Legislativa.
O artista acredita que faz o papel de semeador numa cidade como o Recife, onde não existe cultura regional para absorver sua arte. “Não tive um mestre para me ensinar o que sei fazer. Tinha curiosidade em saber mais sobre ícones da igreja e criei uma técnica de cromação, com microfolhas de espessura finíssima, um material delicado, que exige manuseio quase cirúrgico, com pinças”, explica o artista, que gostaria muito de um dia visitar a Europa.
Autodidata, de família de origem grega - a avó Helena Aretakis era da Ilha de Creta -, Eduardo Aráujo capricha nos detalhes para fazer com que as pessoas se sintam bem nos ambientes que ele cria, sempre fazendo da beleza o principal meio de identificação. “Aqui, sinto que falta sensibilidade artística. Não é todo mundo que consegue julgar um objeto de arte. As pessoas se preocupam mais com a quantidade do que com a qualidade”, critica ele, que costuma escrever crônicas para o blog eduardoaretakis.blogspot.com.
Sua exposição mais recente ocorreu no espaço do Expresso Cidadão, durante a Exposição de Animais no Parque do Cordeiro, em novembro. Lá, Eduardo expôs anjos, presépios, guirlandas, e cenas religiosas ou ligadas à época do Natal, como a reprodução da Sagrada Família.
Intuitivo, ele não gosta que vejam seu trabalho antes de a obra estar concluída. Segundo a mãe do artista, Graça Araújo, desde os 4 anos de idade ele a acompanhava à igreja e olhava para os santos do teto, insistindo e perguntando se ela poderia comprar material para que pudesse reproduzi-los. “Eu visitava a igreja da Conceição dos Militares, no Centro, e ele dizia que sabia fazer igualzinho, me questionava. Ele é muito determinado e possui uma intuição marcante”, comenta Graça. O único irmão de Eduardo, Daniel, também tem talento para as artes plásticas e expõe velas decoradas e luminárias.



Fonte: DP Net
Imagens: Anna Clarice Almeida /DP/D.A PRESS


Leia mais: http://recifeeficer.webnode.com/news/delicadeza-da-arte-barroca-/#.TuH_TsFY__A.twitter

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Amai aos vossos inimigos - BENEFÍCIOS PAGOS COM A INGRATIDÃO.

       Li hoje á noite uma frase postada num perfil de um contato meu  numa rede social a seguinte frase :

" É preciso aprender a amar as pessoas como se elas não traissem você pelas costas."

     Fiquei refletindo á respeito e fiz um comentário no perfil de meu amigo virtual com as seguintes palavras:







  " - Concordo contigo , amigo. Mas é uma difícil tarefa , esta ...
Fazer o bem á todos . Indistintamente . Até mesmo a quem nos sorri , compartilha da nossa vida e cativa a nossa afetividade . E que num ato de covardia , até nos abraça. Mas que são atos vazios e hipócritas . Que no silêncio de seus instintos , vibram negativamente e nos deseja o mal . E são capazes  de ,  durante um abraço , traiçoeiramente , nos cravar um punhal nas costas  ( Falo isso numa linguagem figurada ou até mesmo , num ato literal. Como vemos em tantos casos neste mundo moralmente perdido !!!!  ) .     Saber ser altruísta , é mais uma questão de evolução espiritual e moral , que uma questão de vontade ."
                                                              -- EDUARDO ARAÚJO--
  *******************************************************************************

Para Ilustrar com mais Propriedade esta circunstância moral , recorri á um trecho do Evagelho Segundo o Espiritismo - de Allan Kardec . Que Trata sobre os Benefícios pagos com a Ingratidão.
Recomendo que leiam e reflitam sobre , ok??

* Beneficios pagos com a ingratidão:


19. Que se deve pensar dos que, recebendo a ingratidão em paga de benefícios que fizeram, deixam de praticar o bem para não topar com os ingratos?

Nesses, há mais egoísmo do que caridade, visto que fazer o bem, apenas para receber demonstrações de reconhecimento, é não o fazer com desinteresse, e o bem, feito desinteressadamente, é o único agradável a Deus. Há também orgulho, porquanto os que assim procedem se comprazem na humildade com que o beneficiado lhes vem depor aos pés o testemunho do seu reconhecimento. Aquele que procura, na Terra, recompensa ao bem que pratica não a receberá no céu. Deus, entretanto, terá em apreço aquele que não a busca no mundo.

Deveis sempre ajudar os fracos, embora sabendo de antemão que os a quem fizerdes o bem não vo-lo agradecerão. Ficai certos de que, se aquele a quem prestais um serviço o esquece, Deus o levará mais em conta do que se com a sua gratidão o beneficiado vo-lo houvesse pago. Se Deus permite por vezes sejais pagos com a ingratidão, é para experimentar a vossa perseverança em praticar o bem.

E sabeis, porventura, se o benefício momentaneamente esquecido não produzirá mais tarde bons frutos? Tende a certeza , ao contrário, de que é uma semente que com o tempo germinará. Infelizmente, nunca vedes senão o presente; trabalhais para vós e não pelos outros. Os benefícios acabam por abrandar os mais empedernidos corações; podem ser olvidados neste mundo, mas, quando se desembaraçar do seu envoltório carnal, o Espírito que os recebeu se lembrará deles e essa lembrança será o seu castigo. Deplorará a sua ingratidão; desejará reparar a falta, pagar a dívida noutra existência, não raro buscando uma vida de dedicação ao seu benfeitor. Assim, sem o suspeitardes, tereis contribuído para o seu adiantamento moral e vireis a reconhecer a exatidão desta máxima: um benefício jamais se perde. Além disso, também por vós mesmos tereis trabalhado, porquanto granjeareis o mérito de haver feito o bem desinteressadamente e sem que as decepções vos desanimassem.

Ah! meus amigos, se conhecêsseis todos os laços que prendem a vossa vida atual às vossas existências anteriores; se pudésseis apanhar num golpe de vista a imensidade das relações que ligam uns aos outros os seres, para o efeito de um progresso mútuo, admiraríeis muito mais a sabedoria e a bondade do Criador, que vos concede reviver para chegardes a ele.
                                                                                 - Guia protetor. (Sens, 1862.)

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

- O TURISTA E O SÁBIO -

Conta-se que no século passado, um turista americano foi à cidade do Cairo
no Egito, com o objetivo de visitar um famoso sábio.
O turista ficou surpreso ao ver que o sábio morava num quartinho muito
simples e cheio de livros.
As únicas peças de mobília eram uma cama, uma mesa e um banco.
- Onde estão seus móveis? Perguntou o turista.
- E o sábio, bem depressa olhou ao seu redor e perguntou também:
- E onde estão os seus...?
- Os meus?! Surpreendeu-se o turista.
- Mas estou aqui só de passagem!
- Eu também... - concluiu o sábio.
"A vida na Terra é somente uma passagem...
No entanto, alguns vivem como se fossem ficar aqui eternamente. E se esquecem de serem felizes."
"NÃO SOMOS SERES HUMANOS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL...
SOMOS SERES ESPIRITUAIS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA HUMANA...
( autoria desconhecida)

* Contribuição de minha dileta amiga espiritual Fernanda Emanuela

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

-REFLEXÕES & CRÔNICA SOBRE ANTOINE DE SAINT-EXUPÉRY-















O Texto Exprime um convite à reflexão filosófica desta questão abordada poéticamente na citação de Saint-Exupèry . Á um momento de pausa para se repensar sobre nossos " valores " na vida. Na busca desenfreada pela satisfação carnal de nossos instintos. Do esquecimento das coisas simples e puras. As que realmente são as que mais valem para nossas almas tão carentes de Deus. Que são , com efeito , o nosso maior e mais pleno TESOURO: A PAZ , o AMOR PURO , a LEALDADE e a FIDELIDADE . O Reconhecimento à quem gosta de nós mesmos sem nenhum outro interesse , senão o de nos ver bem . Plenos , íntegros e cheios da Presença Divina em nossos corações e atitudes...



O texto evoca , criticamente , a busca incessante pela QUANTIDADE. Esquecendo do singular valor da QUALIDADE... De nada vale estar perdido e só no meio de uma multidão que se busca e se consome nas permicividades de baixas vibrações morais. Mas que é igualmente vazia e seca por dentro... Quem assim vive, se perde! Se esquece de quem é ou de quem foi um dia ... Perde-se, enquanto ser humano. Perde-se , enquanto ser espiritual. Perde-se na sua essência e no seu Elo com o seu Criador: DEUS .

De nada adianta se deslumbrar com as fugidias e vãs ilusões e noitadas de festas. Quando a sua vida cotidiana é maior que isso. Ou pelo menos , merecia ser.... Estar vivo e ter saúde , é um grande presente do Criador... E por gratidão à Ele , não deveríamos nos desvalorizar , sucumbindo gradativamente nos vícios de quaisquer ordens. Quem se sente vazio , deve buscar uma real segurança no amparo . É isso que nos preenche da carência e da necessidade instintiva na busca por um " Porto seguro". De um ombro amigo e realmente confiável , à quem possamos fechar nossos olhos, saturados das falsidades hipócritas do mundo em que somos forçados a viver. De podermos dormir e entregar , sem medo , as nossas vidas e os nossos sonhos nas mãos de quem os possa merecer . Certos de que jamais seríamos traídos ou substituídos...
Alguém para dividir sonhos. Multiplicar esperanças. Somar Amores, subtrair a solidão e a sensação de " oco" de uma existência superficial . Sei que tudo parece utópico... Mas não se esqueçam ! Estamos falando de SONHOS !!!!!!!
Ás vezes , o que tanto procuramos nas multidões , já havíamos encontrado. Pela interferência do Deus Único. Na figura singular de alguém realmente bom. E que já gosta de nós de forma jamais comparável com áqueles tantos que se amontoam em locais movidos a álcool , som alto , drogas , permicividades e distância plena da Presença de Deus-Pai.

De que valem as cinco mil rosas no jardim das ilusões , se todas elas podem vir a nos ferir o coração ??? Suas belezas são inegáveis, porém , são vazias... Não vão além de suas efêmeras e atraentes aparências de flor... A rosa . A que mais vale ,de fato . É aquela . A única que nos viu com os olhos imateriais do coração. Aquela que orou por nós , quando estávamos tristes e fragilizados. Que riu conosco , quando estávamos felizes. Que se importou conosco , sem pedir nada em troca. A Rosa Singular que buscou cativar o coração de quem se disse apto , sensível e digno de tal concessão divina. A mesma rosa que hoje , jaz , esquecida...
Quando tudo acabar... Quando a beleza da juventude se for... Quando a aparência física já não for o nosso mais belo atributo, o que restará de nós, se não tivermos o principal: O Conteúdo ????
Existem estações em as flores não estarão presentes no jardim... Só existiram as folhas. Nuas e sem disfarces... Os indivíduos da forma que são... Sem os atributos mascarados de suas " flores" . Que como perigosas armadilhas , podem nos arruinar . A Beleza física também é uma forma de provação. E se não for bem canalizada para um propósito de cunho superior, pode nos empurrar para um abismo. A Beleza da Alma , esta sim! É sempre redentora e transcendente...

Devemos cultivar Essência e Verdade em nossos sentimentos. Propósitos e atitudes coerentes e permanentes. Sem buscar ferir com nossos espinhos de flor , os corações alheios...

A Rosa , àquela que foi esquecida pelo tempo. Mesmo sem a beleza jovial de suas pétalas ou sem o seu suave e atraente perfume. Ainda estará lá... Viva nas lembranças , nas palavras plantadas como ricas sementes nos corações de quem a mesma tentou verdadeiramente cativar e na consciência doída de quem, por ingratidão , a deixou fenecer triste e esquecida...

O tempo passará e a fase das " descobertas" mundanas , também... E caberá aos que não souberam ver na rosa singular , o seu maior presente e a sua melhor amiga. Uma complicada sensação de se lidar. Ficará, então , a certeza de terem irresponsavelmente disperdiçado voluntariamente um precioso tesouro vindo de um outro tipo de plano... Um plano imaterial. Onde as Rosas jamais murcham... Onde elas sempre serão lindas e eternas. Habitantes de um divinal Jardim situado num plano espiritual... Um plano onde Deus é presente em todos os pensamentos. Em todos os atos... Em todas as comunicações entre os seres... E caberá aos que se esqueceram da rosa vinda do alto , a saudade e o vazio. Pois , nesta fase de suas vidas terrenas, já terão como resultado de suas escolhas , a cruel sensação de terem se tornado tristes " ilhas" . Cercadas de vazio , saudades , remorsos , perdas afetivas relevantes e certezas de terem sido usadas apenas pelos valores materiais que possuíam na Terra . E pelas dores das buscas vãs e equivocadas que fizeram ao longo de suas jornadas... É o Livre-Arbítrio , meus caros !!! E Que bem poucos os souberam usar com a devida sabedoria ou prudencia ... Lamento por essas Ilhas humanas , que viverão a saudade do que jamais puderam conhecer... E tudo isso é o amargo fruto de suas equivocadas escolhas.... Que Deus Seja por Todos Nós, Pobres seres falhos e Mortais !!!



--- EDUARDO ARAÚJO---



terça-feira, 25 de outubro de 2011

- Restauração - Imagem Sacra ( IMACULADA CONCEIÇÃO )






Esta postagem mostra por fotos, todo o processo de restauro da pintura de uma Imagem sacra de uma Nossa Senhora da Conceição. Imagem chegada a mim pelas mãos de uma cliente , que a comprou de um artesão sem experiência no ramo. Imagem , originalmente , pintada por tintas automotivas feita às pressas e sem nenhum senso de acabamento.Numa pintura feita em série com o uso de uma pistola de ar comprimido. Obra que em nada me revelou qualquer evocação à beleza de um bom acabamento ou qualquer tipo de emoção ou valor artístico... Foi um trabalho longo e exaustivo pintar sobre este fundo automotivo. Fato que , geralmente , " repele" quimicamente a nova pintura feita à mão livre sobre a mesma. Era preciso " isolar" a base para depois iniciar a minha arte propriamente dita. Uma pintura manual, feita com calma , de fora atenta e cuidadosa. Numa técnica artística que leva tempo e exige habilidade e dedicação do seu executor . E toda obra assim realizada , fatalmente ganha status positivo e seu aspecto final agrega real valor à qualquer arte sacra...
Foram muitas demãos de tintas acrílicas , vernizes , arabescos em alto relevo à mão livre pelas vestes da imagem. Além de camadas de vernizes madrepérola importados do Leste Europeu em tons sutis e coerentes com o seu estilo . Finalizadas pelas camadas pacientemente " pousadas" sobre a imagem ,em ponto mordente, de finas e delicadas folhas de ouro velho e prata. A santa ganhou " vida nova " !!! A técnica por mim utilizada, imprimiu LUZ, Valor artístico , beleza e sofisticação à obra restaurada.
Desta forma , concluí mais um trabalho de restauração encomendada por uma cliente . E que foi finalizada com sucesso e harmonia estética. Espero que todos possam usufruir deste meu trabalho como espectadores virtuais à quem tanto estimo e a quem sempre busco trazer paz , beleza, cultura e mensagens positivas em tudo o que posto neste nosso Blog. Fiquem com Deus!